Detalhamento em concreto armado: boas práticas para seu projeto

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Neste artigo vamos abordar alguns itens importantes que devem ser levados em consideração para que você e sua equipe elaborem desenhos com base em boas práticas de detalhamento em concreto armado e, com isso, consigam minimizar problemas causados pela dificuldade de interpretação das pranchas e mantenham-se competitivos perante os demais profissionais e escritórios de projetos, tornando-se referência no mercado.

[KIT] Boas práticas de detalhamento 

Em um projeto estrutural, pode-se dizer que tão importante quanto a solução adotada ou o atendimento às normas vigentes, é a entrega de detalhamentos executivos que sejam claros e que não causem interpretações dúbias quanto ao que deve ser executado. Desenhos mal feitos e imprecisos podem causar gastos com retrabalho e atrasos na obra, além de problemas de execução que podem gerar danos catastróficos à estrutura.
Felizmente, o uso crescente de ferramentas computacionais na criação das pranchas do projeto tem auxiliado consideravelmente os profissionais responsáveis por esta etapa do projeto, com a automatização de processos e a disponibilidade de ferramentas sofisticadas que permitem alcançar padrões elevados de acabamento.

Você também pode se interessar:

Checklist para projetos de alvenaria estrutural
Quais informações preciso para começar um projeto estrutural?
Solução estrutural: Dicas para um projeto de qualidade

Por que adotar um padrão para meus projetos?

Além dos aspectos comentados acima, existem ainda outras razões que geram a necessidade da adoção de um padrão adequado de desenho e de detalhamento, conforme já citado no artigo “Boas práticas para gerar planta de formas”. Segundo publicado, entre as razões podemos citar:
• A dinâmica do mercado, com possibilidades de melhorias decorrentes do uso de programas de computador
• Competitividade exponencial entre os profissionais do setor, exigindo que se eleve a qualidade dos serviços oferecidos.

Detalhamento em concreto armado: Aspectos a serem considerados na definição de um padrão de detalhamento executivo

Neste sentido abordaremos basicamente dois aspectos que devem ser considerados durante a elaboração de desenhos, permitindo obter detalhamentos mais adequados para a execução:

• Elementos de desenho

Referem-se aos elementos usados para representar a situação de projeto do elemento detalhado, como textos de identificação, cotas com distâncias e dimensões, e representação do nível do elemento na estrutura.

• Processo construtivo

Entender como ocorre o processo construtivo da peça estrutural é de extrema importância para que se tenha uma execução mais assertiva e econômica. É função do projetista conhecer as dificuldades que ocorrem no canteiro de obras e prever medidas que amenizem tais dificuldades, reduzindo a possibilidade de erros construtivos. Além disso, o projetista deve ter em mente os fatores que impactam os custos da estrutura, devendo gerar detalhes em que estes custos também sejam minimizados.
Detalhamentos em que os aspectos acima forem devidamente atendidos certamente serão considerados de qualidade e minimizarão problemas durante a execução. Veja no próximo tópico como criar um padrão de detalhamento
canteiro-de-obras

Elementos de desenho

Além das informações das armaduras e da representação da forma do elemento de concreto que está sendo detalhado, existem outras informações que são determinantes para garantir a execução assertiva da peça. Veja a seguir algumas destas informações e como você pode representá-las no desenho:

• Identificação e localização dos elementos:

Todos os elementos que são representados no desenho devem ser identificados com textos, citando-se o nome do elemento detalhado, apoios e elementos apoiados, indicação da posição do corte da seção transversal, o pavimento em que serão executados, nível em que se localiza a peça, etc.

• Dimensões:

As dimensões das peças, distâncias e demais medidas de referência são de extrema importância para a execução precisa da obra. Estas informações são representadas com cotas, que devem ser inseridas sempre que for necessário e posicionadas de modo que não gerem sobreposição a outros elementos, e nem causem dúvida em relação ao elemento a que se referem. Caso isso não seja possível, você poderá usar indicadores para conectar o elemento a sua cota.
No que concerne ao desenho propriamente dito, existem ainda alguns elementos que podem ser incluídos no detalhamento, com o intuito de torná-lo ainda mais claro, além de elevar o acabamento e a qualidade das pranchas. É o caso das linhas de indicação de cortes, por exemplo, que auxiliam a identificar com mais facilidade a continuidade do elemento.
Neste contexto, outro item que confere um grande diferencial no detalhamento em concreto armado são as hachuras, que podem ser usadas para representar diversas situações de projeto de forma mais clara, como o desnível de lajes no pavimento, o tipo de viga (vigas convencionais, vigas invertidas, vigas inclinadas), a existência de elementos que cortam o elemento detalhado, ou simplesmente para tornar o detalhe mais rico visualmente e obter desenhos mais elegantes.

[KIT] Boas práticas de detalhamento 

Veja a seguir o exemplo do detalhamento de uma viga elaborado de duas formas: em um primeiro momento, os elementos citados anteriormente não foram representados e, logo em seguida, o projetista teve o cuidado de inseri-los conforme recomendado:

imagem-1-detalhamento-da-viga
Figura 1 – Detalhamento comum da viga

imagem-2-detalhamento-mais-elaborado-da-viga
Figura 2 – Detalhamento mais elaborado da viga

imagem-3 elementos-de-desenho-inseridos-no-detalhamento-da-viga
Figura 3 – Elementos de desenho inseridos no detalhamento da viga

Processo construtivo

Um aspecto muito importante que deve ser levado em consideração ao projetar estruturas de concreto armado é o processo construtivo ao qual as peças serão submetidas. Informações como: a qualidade da mão de obra responsável pela execução, disponibilidade de materiais e maquinário, disposição do canteiro de obras e tantas outras situações, são de extrema relevância para a escolha adequada não somente da forma como o elemento estrutural será detalhado, mas da solução estrutural adotada.
Estas informações são preponderantes, para que o projetista defina o tipo de seção do elemento estrutural a ser adotado no projeto, os diâmetros das armaduras que serão detalhadas, os materiais que serão utilizados, o sistema de formas e escoramento.

Profissionais especializados

De modo geral, ao detalhar as peças estruturais deve-se ter em mente, como premissa básica, a mínima demanda da mão de obra. Isso porque no Brasil a mão de obra da construção civil é considerada de baixa qualificação, o que pode comprometer a qualidade e a segurança da estrutura, caso as demandadas exijam habilidades mais específicas. Também por isso os detalhamentos executivos devem ser o mais claro possível.
Nesse sentido, algumas soluções devem ser criteriosamente definidas pelo projetista, especialmente as armaduras definidas no detalhamento. Baseando-se na falta de qualidade de mão de obra, estas devem ser escolhidas de modo que gerem a menor quantidade de barras e emendas possíveis, poucas variações ao longo da peça e posicionamento facilitado.

Escolha adequada dos insumos

Outros fatores importante são os materiais e os equipamentos disponíveis na região de execução da obra. Estes itens interferem desde a concepção estrutural adotada, até a montagem de cada elemento, e por isso influenciam na forma com que serão detalhados. Como exemplo, citamos novamente a escolha das armaduras, que é influenciada não só pela mão de obra, mas pela disponibilidade de máquinas de corte e dobra. Caso as barras sejam dobradas na obra e não haja equipamentos adequados, a escolha por bitolas maiores pode não ser uma boa solução, uma vez que estas são mais difíceis de serem dobradas manualmente.
Além dos fatores já comentados, existem outras inúmeras situações de projeto que devem ser analisadas caso a caso antes de definir o detalhamento ideal do elemento de concreto. De um modo geral, o importante é que o projetista tenha em mente que cada peculiaridade deve ser considerada, com o intuito de buscar uma solução que alie segurança e economia, facilitando a execução.

Aliado digital: o software

Para que se crie um padrão próprio de detalhamento e obtenha desenhos de alta qualidade, a primeira recomendação é que você use um software especializado. Os softwares para projetos disponíveis no mercado contam com diversos recursos que permitem gerar detalhamentos automatizados e o ideal é que você encontre a ferramenta que melhor se adéqua às suas necessidades.
O Eberick é uma excelente opção de software para projetos e detalhamentos, pois além de ser fácil de usar, conta com recursos que permitem gerar detalhamentos automatizados de elevada qualidade e ainda disponibiliza diversas opções para o projetista personalizar os desenhos conforme suas preferências.

[KIT] Boas práticas de detalhamento 

Conheça sua ferramenta

O primeiro passo para obter detalhes de qualidade no Eberick ou em qualquer outro software é conhecer as opções disponíveis no programa, identificando como as configurações poderão ser usadas ao encontro do padrão de desenho do projetista.
O programa conta com um menu específico para que o usuário defina suas preferências acerca dos detalhamentos, a partir das quais poderá incluir diversos elementos de desenho automaticamente, gerando detalhes de qualidade e evitando o trabalho de edição posterior.
Além de poder incluir elementos de desenho, o programa também possui recursos para determinar como as armaduras serão definidas, o que possibilita prever a disposição das barras e adotar a opção que proporcionar maior facilidade na execução da peça.
 

imagem-4-configuracoes-para-detalhamento-de-pilares
Figura 4 – Configurações para detalhamento de pilares

 
imagem-5-configuracoes-para-detalhamento-concreto-armado-vigas
Figura 5 – Configurações para detalhamento de vigas

 
imagem-6-configuracoes-s para detalhamento-concreto-armado-lajes
Figura 6 – Configurações para detalhamento de lajes

Veja como eu obtenho detalhamentos otimizados das lajes com o uso do software Eberick:


Para que você conheça melhor as opções que o programa fornece, você pode acessar o QiSuporte, nosso portal de sucesso do cliente, que possui diversos artigos e vídeos com exemplos reais de utilização das principais ferramentas que interferem diretamente na obtenção dos detalhamentos.

[KIT] Boas práticas de detalhamento 

Este artigo foi útil? Deixe seu feedback nos comentários.
Gostaria sobre algum assunto em específico? Deixe sua sugestão.

Assine nossa Newsletter

Receba os melhores conteúdos de engenharia em seu e-mail. Grátis.

COMPARTILHE:

Compartilhar no whatsapp
Envie para o WhatsApp
Compartilhar no facebook
Compartilhe no Facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhe no Twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhe no Linkedin

DEIXE SEU COMENTÁRIO:

Meu Primeiro Gerenciamento de Projetos no QiCloud

Finalização de pranchas do projeto estrutural no QiEditor

Nesta jornada, você irá continuar desenvolvendo seu conhecimento na área de estruturas utilizando uma ferramenta específica para edição das pranchas do projeto.
Aqui, você vai ver:  

•      Associação de um projeto do Eberick ao QiEditor
•      Criação de detalhamentos
•      Edição de detalhamentos
•      Exportação de arquivos
•      Principais dúvidas
•      Relato de quem já trabalha com QiEditor

Nesta jornada você irá dar seus primeiros passos do gerenciamento de projetos utilizando uma ferramenta BIM especializada na sua área de atuação.

Aqui, você vai ver:

  • Como acessar sua licença e habilitá-la para usar o ambiente em nuvem
  • Alguns dos desafios da profissão gerente de projetos
  • Como apresentar e precificar seus primeiros trabalhos BIM
  • Quais cuidados você deve tomar antes de iniciar um gerenciamento
  • Introdução ao processo de trabalho
  • Como criar obras, definir grupos de colaboração
  • Parâmetros, configurações entre outras etapas de um gerenciamento de arquivos e pessoas no ambiente de nuvem 

Orçamento BIM: Quantitativo, EAP e personalização

Orçamento BIM: Quantitativo, EAP e personalização

Orçamento BIM: Quantitativo, EAP e personalização
Nesta jornada você irá ver itens importantes de um orçamento e conhecer um pouco mais sobre como funcionam as personalizações no software BIM para orçamentação QiVisus. Nesta jornada você terá uma visão sobre a importância de insumos, composições, quantitativo, e terá muita mão na massa para aplicar na ferramenta de trabalho.
Aqui, você vai ver:

•      Extração de quantitativos a partir do modelo IFC
•      Quantificação de elementos não modelados
•      Inclusão de novos insumos no orçamento
•      Inclusão de novas composições no orçamento
•      Criação de fórmulas e regras para quantificação de elementos.

Orçamento BIM: Quantitativo, EAP e personalização Nesta jornada você irá ver itens importantes de um orçamento e conhecer um pouco mais sobre como funcionam as personalizações no software BIM para orçamentação QiVisus. Nesta jornada você terá uma visão sobre a importância de insumos, composições, quantitativo, e terá muita mão na massa para aplicar na ferramenta de trabalho. Aqui, você vai ver:

•      Extração de quantitativos a partir do modelo IFC
•      Quantificação de elementos não modelados
•      Inclusão de novos insumos no orçamento
•      Inclusão de novas composições no orçamento
•      Criação de fórmulas e regras para quantificação de elementos.

Visão geral de BIM: Alinhamento, processo e trabalho colaborativo

Visão geral de BIM: Alinhamento, processo e trabalho colaborativo

Nesta jornada, você terá uma visão geral sobre o BIM, seus usos e como a metodologia pode ser incorporada ao seu processo de trabalho. 

Aqui, você vai ver:

•     Introdução ao BIM
•     Introdução ao processo de trabalho em BIM
•     Trabalho colaborativo
•     Dicas de modelagem em ferramentas BIM para arquitetura
•     Criação de template em ferramenta BIM para projetos de instalações

Nesta jornada, você terá uma visão geral sobre o BIM, seus usos e como a metodologia pode ser incorporada ao seu processo de trabalho. 

•     Introdução ao BIM
•     Introdução ao processo de trabalho em BIM
•     Trabalho colaborativo
•     Dicas de modelagem em ferramentas BIM para arquitetura
•     Criação de template em ferramenta BIM para projetos de instalações

Visão Geral Sobre BIM

Nesta jornada, você terá uma visão geral sobre o BIM, seus usos e como a metodologia pode ser incorporada ao seu processo de trabalho. 

Aqui, você vai ver:

  • BIM: por que e para quê?
  • Case de quem já implementou o BIM
  • Processo de trabalho em BIM
  • Trabalho colaborativo
  • Diretrizes de modelagem
  • Compatibilização de projetos BIM
  • BIM 4D – Introdução ao planejamento de projetos em BIM
  • BIM 5D – Introdução ao orçamento de projetos BIM
  • Introdução à manutenção programada
  • Introdução à sustentabilidade nos projetos

Meu Primeiro Orçamento no QiVisus

Meu Primeiro Orçamento no QiVisus

Nesta jornada você irá dar seus primeiros passos em orçamentação de projetos utilizando uma ferramenta BIM especializada na sua área de atuação.

Aqui, você vai ver:

  • Como acessar sua licença e habilitá-la no software
  • Alguns dos desafios da profissão orçamentista
  • Como se posicionar e ser encontrado no mercado
  • Quais cuidados antes de iniciar um orçamento
  • Como importar arquivos e integrar com a nuvem
  • Parâmetros, configurações entre outras etapas de um orçamento

Nesta jornada você irá dar seus primeiros passos em orçamentação de projetos utilizando uma ferramenta BIM especializada na sua área de atuação.
Aqui, você vai ver:  

•      Como acessar sua licença e habilitá-la no software
•      Alguns dos desafios da profissão orçamentista
•      Como se posicionar e ser encontrado no mercado
•      Quais cuidados antes de iniciar um orçamento
•      Como importar arquivos e integrar com a nuvem
•      Parâmetros, configurações entre outras etapas de um orçamento

Meu Primeiro Projeto de Instalações Hidrossanitárias no QiBuilder

Meu Primeiro Projeto de Instalações Hidrossanitárias no QiBuilder

Nesta jornada, você irá dar seus primeiros passos na elaboração de projetos utilizando uma ferramenta BIM especializada na sua área de atuação.

Aqui, você vai ver:

  • Como acessar sua licença e habilitá-la para utilizar o software
  • Alguns dos desafios da profissão de um projetista de instalações
  • Como apresentar e precificar seus primeiros trabalhos BIM
  • Quais cuidados você deve tomar antes de iniciar um projeto
  • Introdução ao processo de trabalho
  • Como elaborar, preparar e importar os arquivos de apoio para iniciar um projeto
  • Parâmetros, configurações e todas as etapas de um projeto até a entrega ao cliente

Meu Primeiro Projeto de Instalações Hidrossanitárias no QiBuilder Nesta jornada, você irá dar seus primeiros passos na elaboração de projetos utilizando uma ferramenta BIM especializada na sua área de atuação.
Aqui, você vai ver:  

•      Como acessar sua licença e habilitá-la para utilizar o software
•      Alguns dos desafios da profissão de um projetista de instalações
•      Como apresentar e precificar seus primeiros trabalhos BIM
•      Quais cuidados você deve tomar antes de iniciar um projeto
•      Introdução ao processo de trabalho
•      Como elaborar, preparar e importar os arquivos de apoio para iniciar um projeto
•      Parâmetros, configurações e todas as etapas de um projeto até a entrega ao cliente

Meu Primeiro Projeto Estrutural no Eberick

Meu Primeiro Projeto Estrutural no Eberick

Nesta jornada, você irá dar seus primeiros passos na elaboração de projetos utilizando uma ferramenta BIM especializada na sua área de atuação.
Aqui, você vai ver:  

•      Como acessar sua licença e habilitá-la para utilizar o software
•      Alguns dos desafios da profissão de um projetista de instalações
•      Como apresentar e precificar seus primeiros trabalhos BIM
•      Quais cuidados você deve tomar antes de iniciar um projeto
•      Introdução ao processo de trabalho
•      Como elaborar, preparar e importar os arquivos de apoio para iniciar um projeto
•      Parâmetros, configurações e todas as etapas de um projeto até a entrega ao cliente

Nesta jornada, você irá dar seus primeiros passos na elaboração de projetos utilizando uma ferramenta BIM especializada na sua área de atuação.

Aqui, você vai ver:

  • Como acessar sua licença e habilitá-la para usar o software
  • Alguns dos desafios da profissão de um projetista de estruturas
  • Como apresentar e precificar seus primeiros trabalhos BIM
  • Quais cuidados antes de iniciar um projeto
  • Introdução ao processo de trabalho
  • Como elaborar, preparar e importar os arquivos de apoio para iniciar um projeto
  • Parâmetros, configurações e todas as etapas de um projeto até a entrega ao cliente

Meu Primeiro Gerenciamento de Projetos no QiCloud

Meu Primeiro Gerenciamento de Projetos no QiCloud

Nesta jornada você irá dar seus primeiros passos do gerenciamento de projetos utilizando uma ferramenta BIM especializada na sua área de atuação.
Aqui, você vai ver:  

•      Como acessar sua licença e habilitá-la para usar o ambiente em nuvem
•      Alguns dos desafios da profissão gerente de projetos
•      Como apresentar e precificar seus primeiros trabalhos BIM
•      Quais cuidados você deve tomar antes de iniciar um gerenciamento
•      Introdução ao processo de trabalho
•      Como criar obras, definir grupos de colaboração
•      Parâmetros, configurações entre outras etapas de um gerenciamento de arquivos e pessoas no ambiente de nuvem

Nesta jornada você irá dar seus primeiros passos do gerenciamento de projetos utilizando uma ferramenta BIM especializada na sua área de atuação.

Aqui, você vai ver:

  • Como acessar sua licença e habilitá-la para usar o ambiente em nuvem
  • Alguns dos desafios da profissão gerente de projetos
  • Como apresentar e precificar seus primeiros trabalhos BIM
  • Quais cuidados você deve tomar antes de iniciar um gerenciamento
  • Introdução ao processo de trabalho
  • Como criar obras, definir grupos de colaboração
  • Parâmetros, configurações entre outras etapas de um gerenciamento de arquivos e pessoas no ambiente de nuvem 

Meu Primeiro Projeto de Instalações Elétricas no QiBuilder

Meu Primeiro Projeto de Instalações Elétricas no QiBuilder

Nesta jornada, você irá dar seus primeiros passos na elaboração de projetos utilizando uma ferramenta BIM especializada na sua área de atuação.
Aqui, você vai ver:  

•      Como acessar sua licença e habilitá-la para utilizar o software
•      Alguns dos desafios da profissão de um projetista de instalações
•      Como apresentar e precificar seus primeiros trabalhos BIM
•      Quais cuidados você deve tomar antes de iniciar um projeto
•      Introdução ao processo de trabalho
•      Como elaborar, preparar e importar os arquivos de apoio para iniciar um projeto
•      Parâmetros, configurações e todas as etapas de um projeto até a entrega ao cliente

Nesta jornada, você irá dar seus primeiros passos na elaboração de projetos utilizando uma ferramenta BIM especializada na sua área de atuação.

Aqui, você vai ver:

  • Como acessar sua licença e habilitá-la para utilizar o software
  • Alguns dos desafios da profissão de um projetista de instalações
  • Como apresentar e precificar seus primeiros trabalhos BIM
  • Quais cuidados você deve tomar antes de iniciar um projeto
  • Introdução ao processo de trabalho
  • Como elaborar, preparar e importar os arquivos de apoio para iniciar um projeto
  • Parâmetros, configurações e todas as etapas de um projeto até a entrega ao cliente